Vladir Fernandes - Sublimidade

Sublimidade é quando você já viu o mundo por si só e só quer ver o mundo pelos olhos daquele alguém. Quando tudo o que se quer é fazer parte daquele olhar.

Sublimidade ocorre quando as palavras e gritos perdem a força no calor de um abraço. Quando você aprende o que é ser amado e não mais pode se contentar com menos. É sublime se sentir inteiro por saber ser só metade. Depender de alguém que você pode depender.

Sublimidade é passar os dias sonhando com as noites mal dormidas. É o barulho da chuva quando se está dormindo junto.

Sublimidade é poder chegar sem ter a pressa de partir. Quando se pode ficar um pouco mais onde se quer estar.

Sublimidade é quando a felicidade que morava ao lado entra pela porta da casa. Quando ela cria ninho no lar.

Sublimidade é quando os dois já conseguem entender o que nenhum dos dois consegue explicar.

E acima de tudo, sublimidade é quando a conversa é atravessada por um beijo. Quando a pele do outro já é edredom. Quando o “eu te amo” é verdadeiro.

Quando o “eu te amo” ganha eco.

Contato

Rua Latino Coelho 110 - Penha
- Rio de Janeiro - CEP: 21070-720
(21)3128-9248

Atendimento de Segunda à Sexta,
exceto feriados, das 10 às 18 horas.
contatos@dragoeditorial.com